Tai Chi Chuan

Para a Medicina Tradicional Chinesa, as doenças são atribuídas a bloqueios, desequilíbrios e rupturas no movimento da energia vital, o Ch´i (ou Qi), um tipo de energia metafísica que permeia e sustenta os seres vivos, está presente em todo o Cosmos e que recebe denominações diferentes conforme a cultura: Energia Bioplasmática (Russia), Mana (Polinésia), Orenda (Povos Tradicionais Americanos), Prana (India), Baraka (Islã), Fluido Universal (Espiritismo). Desta perspectiva, o equilíbrio da energia vital, consequentemente a saúde, pode ser restaurado com ervas, alimentação saudável, exposição orientada ao fogo (moxabustão), acupuntura e práticas físicas como o Tai Chi Chuan.

 

A prática regular de Tai Chi Chuan proporciona vitalidade, saúde, discernimento, capacidade de realização, pois trabalha o equilíbrio entre os aspectos físicos, emocionais, mentais e espirituais. É recomendado tanto para o condicionamento físico e a autodefesa como para a recuperação da saúde, uma vez que promove melhor circulação da energia vital.

 

Embora tenha sido criado apenas no século XVII, seus fundamentos são milenares. Em 1644, o general chinês Chen Wangting, após deixar sua carreira militar, uniu conhecimento marcial com práticas taoístas de circulação de energia e meditação para criar o Tai Ji Quan, ou Tai Chi Chuan. como é conhecido por aqui. Sua etmologia indica algo como a técnica mais ampla de luta a mãos livres do Cosmos – Tai: supremo, absoluto, Cosmos; Ji: original, cumeeira, parte mais alta do telhado; Quan: soco, luta a mãos livres, desarmadas.

 

Prática física e mental que agrega exercícios corporais milenares – Chi Kung e Tao Yin – com preceitos da Medicina Tradicional Chinesa, o Tai Chi Chuan é reconhecido também como um tipo de meditação em movimento. Originada da observação dos princípios de interação dos elementos da natureza, é uma arte com movimentos suaves, cíclicos, fluídos que requerem plena concentração. Seu propósito é aproveitar uma fonte natural de energia vital situada na região média do corpo, entre as coxas e o umbigo, chamada pelos chineses de “dantian”, e promover, por meio de movimentos específicos, a livre circulação desta energia por todo o corpo.

 

O Tai Chi Chuan fundamenta seus movimentos em princípios como, por exemplo, o uso da mente ao invés da força muscular, a interligação das partes superior e inferior do corpo, a unificação do interno com o externo, a movimentação com continuidade, sem rupturas, a busca da quietude dentro do movimento.

 

O Tai Chi Chuan ajuda o praticante a expandir sua consciência, perceber-se como unidade integral e compreender sua força criadora no Cosmos. Para a prática na Eco Nativa, solicite mais informações por este link ou por um dos telefones no rodapé desta página.

 

 

 

 

Compromisso com a vida!

R. Edmundo saporski, 272, Mercês, Curitiba. 80.710-610

(41) 3521-7128 / 99601-2638

contato@eco-nativa.com

facebook.com/econativa.integral

  • Facebook Classic
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now