Festas Juninas

06/27/2014

Vinte e quatro de junho, solstício de verão no Hemisfério Norte. No dia mais longo do ano, povos pagãos da Europa comemoravam suas colheitas com festa, fogueira e muita dança. Quando o simbolismo cristão se alastrou, fez que o culto à Natureza das festas pagãs fosse sufocado em nome de Deus e, no mês de junho, três santos católicos se tornaram motivações festivas: Santo Antônio, São João e São Pedro. São as bem conhecidas festas juninas, caricaturadas pelo fenômeno da urbanização no Brasil.

 

Motivações e formas mudaram e continuarão mudando. O que parece não mudar é o espírito do encontro, a alegria, a vontade de dançar, de brincar, de se sentir novamente criança, de se soltar em torno da fogueira, de olhar nos olhos, conversar, rir, abraçar, amar e ser amado. Sim, somos assim, seres humanos, seres que se descobrem no contato com o outro, que se fraternalizam ao se despirem de suas máscaras, que se tornam verdadeiros ao se permitirem expressar, que se espiritualizam pela coragem da autotransformação, que se humanizam ao romperem modelos comportamentais.

 

É tempo de confraternizar, que no sentido etimológico significa tornar-se fraterno, porque afinal, somos todos irmãos aos olhos do Pai, somos todos um em Deus.

 

Aconteceu na Eco Nativa dia 14 de junho. Veja como foi.

Please reload

Postagens destacadas

Somos Eco Nativa

June 30, 2013

1/1
Please reload

Postagens recentes

17/12/2017

05/10/2017

Please reload

Please reload

Localize por tags
Siga-nos na rede
  • Facebook Classic

Compromisso com a vida!

R. Edmundo saporski, 272, Mercês, Curitiba. 80.710-610

(41) 3521-7128 / 99601-2638

contato@eco-nativa.com

facebook.com/econativa.integral

  • Facebook Classic
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now