Cursos realizados

Associacao Biodinamica.png

Localizada no bairro Demétria, em Botucatu/SP, a Associação Biodinâmica tem por missão gerar, desenvolver e fomentar a agricultura biodinâmica.

 

O alimento biodinâmico possui vitalidade, pois o ser humano precisa da energia que o acompanha, tanto quanto de suas substâncias. Biodinâmico é alimento não só para o corpo, mas também para a alma. Além de ser orgânico, sua produção utiliza conceitos vinculados ao processo da regenerabilidade e, por consequência, à vitalidade alimentar.

 

O primeiro conceito é o de organismo agrícola, pelo qual todas as atividades de uma propriedade são integradas como ocorre num organismo vivo. O segundo conceito é o uso de preparados homeopáticos na lavoura. O terceiro é o uso de um calendário astronômico agrícola com as datas corretas de plantio, colheita, poda e outras atividades.

 

Trata-se de uma prática agropecuária autônoma baseada na observação das condições locais em conjunto com o conhecimento das forças não locais que atuam permanentemente sobre a vida. Trabalha na regeneração da vida do solo, mais do que no mero fornecimento de elementos químicos para a formação vegetal.

 

Qual a sua origem? Em 1924, Rodolf Steiner vinha trabalhando os conceitos da Antroposofia e foi convocado por um grupo de agricultores para lhes dar dicas sobre como se poderia fazer uma agricultura vital, uma vez que com a agricultura extensiva e o uso de agroquímicos, as plantas e os alimentos, estavam perdendo a vitalidade. Surgiu, então, a agricultura biodinâmica que vem se densenvolvendo no Brasil pela ação da Associação Biodinâmica - ABD.

Agricultura Biodinâmica

Objetivo do curso

Ao final do curso os participantes compreenderão os princípios da Agricultura Biodinâmica e estarão qualificados para implantarem pequenos projetos de manejo agrosilvopastoril biodinâmico.

 

 

Público

 

Agrônomos, técnicos agrícolas, agricultores e autoprodutores de alimentos.

 

 

Justificativa


A saúde humana está diretamente ligada à saúde dos alimentos e da terra onde eles são produzidos. A agricultura extensiva e o uso intensivo de agroquímicos vem, ao longo do tempo, reduzindo a vitalidade do solo e, por consequência dos alimentos que nos chegam à mesa. Para que a nossa e as futuras gerações encontrem as condições mínimas de manutenção da saúde, é necessário um amplo trabalho de regeneração da vitalidade do solo e dos alimentos nele produzidos. Com a agricultura biodinâmica, isso é possível.   

Certificado

 

Emitido pela Associação Biodinâmica e pela Eco Nativa.

 

 

Desenvolvimento do curso

 

O curso de extensão em agricultura biodinâmica será ministrado em dez módulos de 14 horas-aula cada um, totalizando 140 horas-aulta. Os módulos serão realizados em finais de semana, iniciando na sexta-feira, das 19 às 21h, sábado das 8 às 18h com intervalo de almoço e domingo das 8 às 12h.

 

Os alunos que concluírem o curso com frequência mínima de 75% receberão certificado de Curso Regional de Agricultura Biodinâmica fornecido pela Associação Biodinâmica. A frequência em cada módulo será caracterizada pela participação mínima em três dos quatro períodos previstos (sexta à noite, sábado pela manhã, sábado à tarde e domingo pela manhã).

 

Em cada módulo:

- Estudo de uma conferência do curso agrícola de Rudolf Steiner;

- Vivências práticas;

- Fenomenologia;

- Atividade artística.

 

 

Programa

  1. A sanidade e a produtividade integral dos Organismos Agrícolas na Agricultura Biodinâmica;

  2. Forças e substâncias que adentram o espiritual: a questão da adubação / elaboração de preparados biodinâmicos;

  3. A natureza da nutrição animal / manejo biodinâmico animal;

  4. Emancipação da vida humana e animal em relação ao mundo exterior / ritmos astronômicos, Certificação Demeter e observação fenomenológica;

  5. As forças da Terra e do Cosmo / a compostagem biodinâmica;

  6. A observação do plano macrocósmico como tarefa da Ciência Espiritual: crescimento da terra e da vegetação. A substanciação correta do adubo;

  7.  As mais íntimas interações da Natureza: a relação entre agricultura, fruticultura e pecuária / sistemas agroflorestais biodinâmicos;

  8. Incursão na atividade da Natureza e a atuação do espírito na Natureza / manejo biodinâmico de cereais e frutas;

  9. Manejo biodinâmico de abelhas;​

  10. Saúde e nutrição na agricultura biodinâmica;

 

Docentes

  1. Geraldo Deffune: Me e PhD em Agricultura Biodinâmica e professor de agroecologia na UFFS. Docente do curso de especialização em agricultura biodinâmica;

  2. Deborah Castro: Agrônoma, docente do curso de especialização em agricultura biodinamica e especialista em elaboração e uso de preparados Biodinâmicos;

  3. Daniela Nascimento: Zootecnista na área de manejo de gado biodinâmico, produtora, docente do curso de especialização em agricultura biodinâmica;

  4. Pedro Jovchelevich: Agrônomo, coordenador da Associação Biodinâmica, mestre em ritmos astronômicos em hortaliças e doutor em melhoramento genético sob manejo biodinâmico. Coordena a rede de sementes biodinâmicas e SPG-ABD. Docente do curso de especialização em agricultura biodinâmica;

  5. Bruno Follador: geógrafo, Diretor da ABD e pesquisador do Nature Institute, com consultoria e cursos na América Latina, Europa e Estados Unidos. Tem especialização em Agricultura Biodinâmica no Pfeiffer Center, E.U.A. O foco de sua pesquisa é a Ciência Goetheana a partir da Antroposofia e seus temas são: a agricultural biodinâmica, cromatografia de Pfeiffer, arte e ciência da compostagem em escala agrícola, o papel da imaginação humana e a percepção da paisagem;

  6. Andrea D´Angelo Lazzarin: Agrônoma, docente do curso de especialização em agricultura biodinamica e especialista em elaboração e uso de preparados biodinâmicos;

  7. Cristiano Peterssen: Agrônomo, consultor biodinâmico em frutas, cereais e hortaliças;

  8. Marcelo Ribeiro: Agrônomo especialista em sistemas agroflorestais e em manejo biodinamico;

  9. Marcelo Agapio e Tomas: produtores biodinâmicos de mel e participantes do grupo de estudos de manejo biodinâmico de abelhas.